HOME SOBRE CONTATO (19) 3295-0381
Hipnose

Muitas pessoas estão se beneficiando da hipnose para resolver problemas emocionais ou mesmo doenças psicossomáticas (problemas orgânicos de origem psíquica). Hipnotizadas, elas conseguem, com o auxílio da psicoterapia, colocar para fora os sentimentos mais profundos e quase sempre doloridos, promovendo assim uma espécie de "limpeza" interior.

Isso é possível, porque a pessoa está com a atenção altamente focada naquilo que está tentando resolver dentro de si. Mentalmente, consegue visualizar a situação que a incomodam, em um estado digamos assim, de sonho real. Esse processo de tratamento acaba por ajudar a pessoa a alterar o pensamento, possibilitando a solução do problema que tanto a afligia.

Mas isso não ocorre de um momento para outro. Dependendo do caso, o tratamento tem uma variável de tempo. Se o paciente busca uma solução para um medo específico, pode ser que em apenas uma sessão consiga superar o fato, mas se for algo mais enraizado, vai depender do grau de evolução ao longo do tratamento.

Adotada no Brasil na década de 40, a hipnose pode ser utilizada para todas as dificuldades relacionadas à mente, como fobias, depressão, síndrome do pânico, medos, dificuldades sexuais, ansiedade, etc. Também pode ser voltada para distúrbios orgânicos, como gastrite, enxaqueca, alergia, entre outras doenças desencadeadas por questões emocionais.

Conforme explica, a hipnose é o nome dado a fenômenos específicos do pensamento, como lembrar-se nitidamente do que aconteceu no passado. Talvez, por isso, em alguns casos, as pessoas achem que estejam visualizando momentos acontecidos em vidas passadas.

Qualquer pessoa pode ser hipnotizada, incluindo crianças, desde que tenham a capacidade de direcionar sua mente para um foco específico. Quando não se deixam hipnotizar, o profissional deve estar preparado para saber resolver essas situações de auto-resistência, mas somente se isso for terapêutico para o paciente.

A necessidade de um profissional ético, que respeite os limites impostos pelo paciente, é condição básica para que esse instrumento de trabalho traga resultados positivos. "A maior contra-indicação da hipnose é a falta de habilidade, ética, prudência lucidez do hipnoterapeuta.

A melhor forma de se proteger é conhecer a formação do profissional. Saber se ele é reconhecido por alguma associação ou instituição ligada à hipnose. Tenho utilizado a hipnose em Campinas para tratamento de ansiedade, fobias, depressão com bons resultados.